Image Map

quinta-feira, 8 de março de 2018

POSTAGEM SOBRE O MISTURA DE ALEGRIA NO VALE DO JEQUITINHONHA

Esta postagem foi feita pelo amigo  

Professora do Vale cria projeto inovador de alfabetização

Professora do Serro cria projeto inovador de alfabetização
Facilitar a alfabetização da criança por meio de elementos presentes em seu dia a dia é o objetivo de um projeto proposto pela professora Adiléia Generoso, da Escola Estadual Luíza de Marilac, no Serro, no Alto Jequitinhonha. 

Com o projeto denominado A escrita na vida cotidiana , criado em 2006, a educadora mostra aos seus alunos da 1ª série do ensino fundamental como a prática da leitura e escrita está ligada a produtos, alimentos e medicamentos usados por eles todos os dias, como sabonete e creme dental:

“Basicamente, o projeto consiste em trabalhar a alfabetização a partir das letras e palavras presentes nas embalagens que esses alunos trazem de casa e criar um contextualização”, explica.

Segundo Adiléa, a idéia para o projeto surgiu quando ela participou do curso Veredas ( promovido pela UFMG para formação superior de professores de 1ª a 4ª séries do ensino fundamental da rede pública).

“Eu me guiei por um eixo fundamental proposto pela Secretaria de Estado da Educação de Minas Gerais, denominado “apropriação dos sistemas de escrita” .
Sua premissa é a de que a criança deve dominar o alfabeto por inteiro, saber colocar as letras em ordem alfabética”, explica.



A professora conta que, em um primeiro momento, pediu a seus alunos que observassem palavras que encontrassem no trajeto de suas casas até a escola, como açougue, padaria e farmácia. Depois, começou a destacar, nas aulas, a letra inicial dos nomes dos produtos que eles levavam par a escola.

“A primeira letra que eles fixaram foi o B, pois o item mais comum em suas casas era Bombril”.

Posteriormente, Adiléa pediu à classe que observasse, no mesmo trajeto da casa à escola, palavras que começavam com a letra B, para diferenciá-la das demais. A mesma proposta foi usada para o ensino das outras letras do alfabeto. Além de levar os alunos a conhecerem as letras, a educadora também trabalhava a diferença entre vogais e consoantes.
Experiências em Blog
A professora Adiléia, que é também Psicopedagoga, criou um Blog chamado sugestivamente de Mistura de Alegria para divulgar suas experiências de 29 anos de magistério, sempre atuando com alfabetização de crianças. Colocou a página na internet, no final de 2008. Bombou! São mais de 500 mil acessos em um ano e meio de atividades. É gente educadora de Minas e de todo o país querendo conhecer as experiências da alfabetizadora do Vale do Jequitinhonha.

Ela faz uma revolução silenciosa. Acredito que os educadores deveriam se mirar em seu exemplo. Conheço algumas professoras, abnegadas, que fazem trabalho semelhantes em salas de aula e comunidades do Vale.

Mesmo que você não seja professor/educador/alfabetizador vá lá e confirahttp://misturadealegria.blogspot.com/

Parabéns, Adiléa! 

Continue trabalhando construindo o patrimônio mais importante para a humanidade:a formação de seres humanos, alegres e plenos de vida.

O texto sobre o projeto é da publicação da revista Letra, Jornal do Alfabetizador, de out/nov2009, de BH.
http://blogdobanu.blogspot.com.br/2010/03/professora-do-serro-cria-projeto.html

Um comentário:

  1. Parabéns! Acompanho seu blog e fico cada vez mais maravilhada com suas criações, a Sra é incrível! Sou sua fã! Bjs

    ResponderExcluir

RECOMENDADO PARA VOCÊ